12/04/2010

Orgulho e vaidade

"A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda." (Provérbios 16.18)

Em outras palavras: o orgulho traz desgraças, e a vaidade te deixa fudido. Claro que não se ia escrever na Bíblia assim, mas eu estou só esperando o meu...

Sou mesmo muito orgulhosa, a ponto de ter orgulho do meu próprio orgulho: não transparecer sofrimento é uma arte, e uma prisão. E como sair dessa? Venho tentando, confiando mais nas pessoas e buscando um meio termo, sem me deixar vulnerável aos outros, mas tb sem deixar de falar qdo algo me aborrece.

As amigas saíram e não me chamaram? Os colegas de trabalho discordaram de uma opinião minha? Alguém me chamou de gorda? Ninguém nunca soube o quanto essas pequenas (?) coisas me afetam, e nem têm que saber, talvez. Tá bom, só um pouquinho.

O risco, no entanto, é ficar frágil demais aos olhos dos outros. A imagem da mulher super segura, forte, briguenta e com boa auto-estima impede que várias coisas me aconteçam, ou que várias pessoas cheguem perto.

Bom, esse assunto rende, e haja análise!

2 comentários:

  1. Vem cá gostosa, senta aqui no meu colinho, fale-me mais sobre este assunto... como era a sua relação com sua mãe? Você tem tesão no seu pai? hehehehe!

    ResponderExcluir

Agora ponha o seu!